Lista de postagem

Câncer de mama em cadelas, saiba como lidar

Nos dias de hoje nos preocupamos muito com a saúde dos nossos cãozinhos de estimação como também tememos a enorme variedade de tumores malignos e principalmente o câncer de mama nas cadelas.

O câncer de mama também pode acometer os machos, porém há maior incidência nas fêmeas. Há grandes dúvidas de como agir, tratar e prevenir este tipo de doença. O diagnóstico precoce e o início imediato de um tratamento adequado são decisivos para a vida do seu animalzinho.

 

O Desenvolvimento

– Castração da fêmea antes do seu primeiro cio: é uma medida que reduz em até 99% o aparecimento do câncer de mama.

– Quanto mais velho é o animal, maiores são as chances de desenvolver a doença.

– Infelizmente, esta doença não acomete uma raça específica, todas as raças estão sujeitas a ela.

– Especialistas não indicam o uso de medicamentos hormonais, tanto para cães e gatos. A ingestão destes medicamentos são determinantes para o surgimento de tumores.

 

Os principais sintomas 

O câncer de mama pode não provocar alterações na cachorrinha como as mudanças comportamentais: tristeza, falta de apetite, febre e vômitos. Esta doença pode se desenvolver de forma silenciosa. Por isso é muito importante a visita periódica ao veterinário para que as chances de um diagnóstico precoce aumentem.

Há um grupo de sintomas que acompanham as cadelinhas já em estágio avançado da doença:

– Caroços na região das mamas;

– Inchaço ou dilatação na área mamária;

– Dores na região das mamas;

– Presença de secreções nas mamas com odor desagradável.

 

SD_DICAS_cancer-de-mama_II

 

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico é feito, principalmente, por exames clínicos da região mamária e exames de citologia aspirativa do nódulo. Para certificação da doença, o médico veterinário solicita exames como tomografia computadorizada, radiografias do tórax e ultrassonografia. Biópsias também costumam ser solicitadas para que o médico veterinário saiba se é um tumor maligno ou benigno como também se, no caso de suspeitas, se há outros tipos diferentes de câncer.

A primeira medida no tratamento é uma cirurgia para a retirada completa do tumor. Nos casos de tumor benigno, a cirurgia é suficiente. Já nos casos malignos, a quimioterapia é indicada após a cirurgia. Quando ocorre a metástase as chances de cura total da doença são mínimas e para aliviar os sintomas decorrentes do tumor, o uso de medicamentos é indicado.

 

Portanto é muito importante sempre levar o seu animalzinho de estimação ao médico veterinário para consultas de check-up. As chances de cura de qualquer doença, quando descobertas no início, são sempre maiores.

 

Fontes: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/cancer-mama-cadelas/

http://canaldopet.ig.com.br/cuidados/saude/2017-01-17/cancer-de-mama-em-cadelas.html

 

Recuperar Senha

Informe um e-mail para receber instruções de como criar uma nova senha.