Lista de postagem

GRIPE E RESFRIADO EM CÃO E GATO

 

Sim pessoal, os animais podem pegar gripe.

Cães e gatos não pegam gripe de seres humanos e nem transmitem a gripe deles quando estão doentes. Um cão transmite gripe para outro cão se este não for vacinado. As vacinações contra Parainfluenza Canina (tosse dos canis) e Bordetella devem ser anuais.

 

GRIPE E RESFRIADO EM CÃO E GATO

O gato, da mesma maneira, só pega gripe se for transmitida por outro gato. Existe também vacinação para prevenir a doença. No gato, chamamos a doença de complexo respiratório felino, pois pode ser causada por vários agentes e atinge, além dos olhos, todo o sistema respiratório. A vacina é contra Rinotraqueite, Calicivirus e Clamídia.

Essas doenças tem incidência maior no outono e inverno, mas se for um filhote e estiver em um local contaminado, pegarão essas doenças facilmente, pois os filhotes são muito suscetíveis e mais difíceis de serem tratados. Em alguns casos, principalmente em gatos, o problema pode se tornar crônico e de difícil tratamento.

Não é difícil identificar quando um cachorro tem gripe, já que os sintomas são similares aos dos seres humanos. Destacam-se a tosse seca (que dá a impressão de que o animal está engasgado com alguma coisa), como o sintoma mais típico da gripe canina.

Espirros, secreções nasais e a expectoração de uma espuma branca pela boca também são ocorrências frequentes nos cães gripados.

A vacina ainda é a melhor forma de prevenir e evitar a gripe canina, que ao contrário da gripe humana, não possui tratamento direto, ou seja, o animal ira se infectar, desenvolver os sintomas, ficar por um determinado tempo doente e se curar sozinho. Porém, neste período doente, sua imunidade pode sofrer oscilações e seu organismo pode se infectar de outras doenças oportunistas, agravando a situação. A vacinação deve ser feita anualmente e em caso do cão ou gato apresentar o sintoma de gripe, este não deve ser vacinado.

Embora haja casos em que a doença pode trazer graves consequências (incluindo a morte do animal), esse tipo de situação acontece, principalmente, em função do não tratamento do pet. Na grande maioria dos casos, os pets  com gripe são facilmente curados – exigindo apenas alguns cuidados como ficar longe de friagens e a administração de antibióticos (que devem ser receitados por um médico veterinário) e anti-inflamatórios.

Portanto, ao notar qualquer sinal de gripe no seu pet, a melhor pedida é correr para uma clínica veterinária – onde ele poderá ser avaliado por um profissional capacitado e, se for necessário, medicado.

 

Fonte: Petcare

 

 

Recuperar Senha

Informe um e-mail para receber instruções de como criar uma nova senha.