Lista de postagem

Saiba o que seu pet pode e não pode comer

É importante saber o que está e não está liberado para dar de comer ao seu pet e assim garantir uma boa saúde para o seu amigo.

Com certeza você já passou por isso: não resistiu àquela carinha pedindo comida e acabou dando um pedacinho de carne ou um docinho para seu bichinho… Ou então teve que dar bronca em algum amigo porque ele não parava de dar alguma guloseima que não deveria para seu pet comer.

É por essas confusões que ter conhecimento sobre o assunto é importantíssimo. Às vezes só queremos mimar nossos bichinhos, mas na realidade podemos estar fazendo mal a eles. Cães e gatos têm exigência nutricional semelhante a nossa, por isso se adaptaram tão bem convivendo com os seres humanos. No início, comiam o que restava de nossa alimentação e depois passaram a sentar-se à mesa como membros da família.

SD_BLOG_MeioDoTexto

Por este motivo, é importante saber o que está e não está liberado e assim garantir uma boa saúde para o seu amigo:

O que evitar?

Segundo especialistas, de maneira geral, os pets podem comer quase tudo o que comemos. Sendo que o cuidado principal deve ser com o sal, o açúcar, as gorduras e as quantidades. Também é preciso ficar atento a casos específicos de intolerâncias e alergias a proteínas do alimento (tanto na ração quanto nos alimentos), como frango, soja, milho, lactose e bifinhos protéicos.  Alimentos como chocolate devem ser evitados, pois podem causar intoxicação devido à presença de teobromina, principal alcalóide do cacau. Também não é aconselhável dar ossos e nem peixe, pelo risco de perfuração do intestino.

Várias frutas podem ser consumidas, como o mamão, a banana e a maçã. Porém, tenha cuidado com as frutas que têm caroço, pois podem causar obstrução intestinal. Já as frutas ácidas, como o abacaxi, podem causar gastrites. Evite também carambola e uva passa, pelo risco de desencadear problemas renais.

Como em algumas pessoas, alguns pets podem apresentar intolerância ao glúten, presente em muitos alimentos como pães, bolos e massas em geral, além do arroz, feijão e o milho. Esses alimentos provocam o aumento na produção de gases, má digestão e podem gerar descamação e problemas de pele.

O que é proibido?

Sal, açúcar, alimentos com muita gordura, chocolate, fruta com caroço, abacaxi, carambola, uva passa, peixe (por conta do espinho), alimentos com glúten (pães, bolos, massas em geral), arroz, feijão, milho, café, abacate, cebola, alho e amêndoas.

Para ficar atento

Alguns alimentos podem dar alergia no seu pet, por isso, se der, observe se ele não tem nenhum tipo de reação. Caso do frango, soja, milho, lactose, bifinhos protéicos, ou seja, são ingredientes que também estão na ração.

Alimentação caseira

Sempre buscamos o melhor para nossa saúde e o mesmo vale para os nossos pets. E já que a comida natural é melhor para nós, a mesma lógica vale para os pets, levando em consideração alguns pontos importantes sobre esta escolha.

De acordo com especialistas, além da disposição de preparar o alimento em casa, é muito importante que se tenha orientação profissional, específica para dietas equilibradas considerando as características do seu animal.

Sendo assim, se você tiver disponibilidade, espaço em casa e tempo para se dedicar à alimentação do seu bichinho, pode sim ser uma boa ideia – conhecendo bem as necessidades dele. Então fique ligado que em breve publicaremos receitas saudáveis que você pode preparar para o seu pet.

 

 

Fonte: Guia da semana

 

Recuperar Senha

Informe um e-mail para receber instruções de como criar uma nova senha.