Lista de postagem

Seus pets e os cuidados no outono

A mudança de estação do verão para o outono, até a chegada do inverno, é uma época em que você precisa estar muito atento ao seu pet. Cachorros e gatos têm tendência a sofrer mais nesse período, principalmente com problemas respiratórios. Os atendimentos veterinários crescem em até 30% nesta época.

Por este motivo, seguem alguns alertas e dicas para que você não precise correr com seu bichinho para o veterinário:

Doenças respiratórias

Vírus e bactérias atacam animais provocando doenças respiratórias nesta época. E são semelhantes aos sintomas que afetam seres humanos, como tosse, febre, espirros, coriza e falta de apetite. Evite que seus pets peguem ventos gelados e acabem se resfriando.

Carrapatos

Infestações de carrapatos em cães são típicas do outono, isso porque as pastagens ficam mais secas, o que favorece o aumento na população desses insetos. Por isso, evite leva-lo em campos, ao menos nesta época.

Cuidados com os olhos

A higiene na região dos olhos é fundamental, pois quando o tempo começa a esfriar, fica mais seco, reduzindo a quantidade de lágrimas nos olhos. Isso deixa seu pet mais vulnerável à poluição, bactérias e vírus.

Osteoartrose

Umidade e frio incomodam seres humanos e não é diferente com seus animais de estimação. Sintomas de doenças crônicas articulares podem surgir decorrentes da umidade e do frio. São chamados de osteoartrose. Fique alerta em relação à coluna do seu cão ou gato, e se perceber que ele sente alguma dor, marque uma consulta com o veterinário.

Vacinação

Uma vacinação eficiente e eficaz precisa estar em dia. Mais ainda quando o outono chega, pois é quando aumentam os casos de gripe. Cuidados redobrados com os animais novos e os idosos, pois o sistema imunológico deles é mais frágil. Esse cuidado serve para todos os pets, inclusive para aqueles que nunca saem de casa.

Fonte: Cachorraria da Praça

Recuperar Senha

Informe um e-mail para receber instruções de como criar uma nova senha.