Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/8/49/52/sanoltf/public_html/sanoldog/wp-content/themes/sanol/inc/conexao-insta.php on line 23
COMO A VISITA DOS PETS EM HOSPITAIS AJUDA NA RECUPERAÇÃO DE SEUS TUTORES - Sanol Dog

Lista de postagem

COMO A VISITA DOS PETS EM HOSPITAIS AJUDA NA RECUPERAÇÃO DE SEUS TUTORES

Estar doente ou internado não é uma situação lá muito agradável. Quem tem animal de estimação e passa por uma situação de internação tem que lidar, ainda, com o desafio de contornar a saudade dos bichinhos, enquanto os pets em casa tentam fazer o mesmo com a falta de seu tutor.

Esta situação vem mudando por conta dos estudos científicos que comprovam os efeitos benéficos que os animais exercem sobre os humanos.

Pets nos hospitais

Diferente dos animais terapeutas, a presença de bichos de estimação em hospitais era algo impensável até pouco tempo. Se nem em shoppings eles eram aceitos, imagine em um ambiente hospitalar?

Há alguns anos, o canadense Zachary Noble, de apenas 25 anos, pediu para receber a visita de seu cãozinho “Chase” enquanto estava internado para tratar de um linfoma de Hodgkin. Após a visita escondida do cão, Zach apresentou uma surpreendente melhora e viveu por um período maior do que o esperado.

Após a morte de Zachary, sua tia fundou a “Zachary’s Paws for Healing” para atender ao último pedido do sobrinho e formar a primeira organização canadense que tornava possível a visita dos pets para seus tutores internados.

Desde 2013, o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, trabalha com um esquema de visitação de pets para pacientes internados até mesmo em unidades semi-intensivas. A instituição foi a primeira do país e de toda a América Latina a receber o selo da organização americana Planetree, focada na humanização da saúde e em melhorar o atendimento médico a partir da perspectiva do paciente.

Benefícios da visita dos animais de estimação

Além de ajudar o processo de recuperação de pessoas internadas, a presença dos pets em hospitais melhora o humor e bem-estar, reduz a ansiedade, ajuda a encurtar a duração da internação dos pacientes e, em alguns casos, pode até promover a cura de algumas doenças.

poder dos pets ainda vai além, e pode se tornar um fator motivador da própria equipe médica e da família. Apesar das regras variarem de acordo com cada instituição, geralmente, para visitar seu tutor, o bichinho tem que ser manso, possuir um laudo veterinário que ateste suas boas condições de saúde, estar com as vacinações e vermifugações em dia e, em alguns casos, recomenda-se dar banho no animal um dia antes da visita. E, claro, tudo deve ser feito com prévia autorização médica.

Quem não gostaria de receber uma visita especial assim, né?

 http://portalmelhoresamigos.com.br

Recuperar Senha

Informe um e-mail para receber instruções de como criar uma nova senha.