Lista de postagem

DICAS PARA APROVEITAR O CARNAVAL COM SEU CÃO

O carnaval é uma das festas mais alegres do ano, mas para folia ficar completa, sempre dá aquela vontade de levar nossos pets para agitação. Nessa hora, o importante é tomar a melhor decisão para o seu cãozinho, independente da sua vontade.

Ver Mais

TOSA NO VERÃO: bom ou ruim?

Beleza | , , , , | 22/01/2019

Apesar de pensarmos que ao fazer a tosa em nosso cão no verão estamos ajudando nosso amigo a não passar tanto calor, não é bem assim que funciona. A pelagem do cão não age como uma roupa, mais no inverno para esquentar e menos no verão para refrescar.

Ver Mais

Como escolher o melhor tapete higiênico para seu cão

Tapetes higiênicos são uma ótima opção para cães fazerem xixi no lugar certo. Geralmente já começamos a usar quando o filhote chega na nova casa e não pode sair para passear pois ainda não está totalmente vacinado. Existem vários tipos, tamanhos e diferente absorção, mas uma coisa é certa: devemos trocar o tapete pelo menos 3 a 4 vezes ao dia no caso de filhotes.  Conforme o animal vai crescendo e já tomou as vacinas muitas vezes vai preferir fazer suas necessidades na hora do passeio, mas é bom deixar sempre um tapete higiênico Sanol Dog na área de serviço para em caso de ficar um tempo sozinho em casa e sentir necessidade de fazer xixi continuar a usar para o resto da vida.

Ver Mais

Ansiedade de separação em cães

O cão é um animal social, assim como o ser humano. Seu instinto lhe diz que, para estar seguro, deve viver junto ao seu grupo, o que lhe garantirá a sobrevivência. Quando seu grupo de “humanos” sai e o deixa sozinho, a sensação que o bichinho tem, instintivamente, é de que sua sobrevivência está ameaçada. Ele simplesmente não entende que nada acontecerá e que a situação durará pouco tempo. Sob o prisma do cão, ele está sendo abandonado.

Ver Mais

Comportamento compulsivo em cães

A palavra compulsivo, descreve um desejo involuntário de fazer alguma coisa. Assim como acontece com pessoas, os animais também podem desenvolver transtornos compulsivos de fundo psicológico, que resultam entre outras coisas em comportamentos repetitivos. É importante compreender que estes comportamentos compulsivos, não são simplesmente uma situação incômoda, tanto para o cão quanto para sua família, mas também podem vir a prejudicar consideravelmente sua qualidade de vida.

Ver Mais

Você sabe usar acessórios sem incomodar o cão?

Para deixar os pets mais fofos, há vários acessórios como laços, chuquinhas, pompons, enfeites, gravatinhas, bandanas e roupinhas. Mas é importante saber usá-los sem prejudicar o bem-estar e a saúde dos bichinhos. Ficar com um lacinho sem trocar por muito tempo, por exemplo, pode incomodar, quebrar o pelo e provocar feridas. A troca de enfeites deve ser feita pelo tutor a cada dois ou três dias. Isso se o pet gostar de usar e for tranquilo. Para aqueles que não suportam acessórios, que ficam arrastando a cabeça para tirá-los, o ideal é não os utilizar e deixar os pelos soltos. Às vezes, as pessoas falam que não conseguem trocar o enfeite. Nesse caso, é melhor ficar sem do que permanecer com o mesmo laço a semana inteira. Além de embaraçar e quebrar o pelo, pode machucar o pet, o que é muito mais grave.

Ver Mais

Fogos X Cachorros. Como acalmar seu cão.

O medo dos fogos de artifício é uma fobia muito comum nos cães. Isto ocorre porque a audição canina é quatro vezes mais potente que a nossa. Esse medo também acontece durante as tempestades mais fortes, onde há raios e trovões. Além das datas comemorativas, como o Réveillon e São João, onde são comuns à solta de fogos, estamos no auge da Copa do Mundo de Futebol. Até os cães mais destemidos e equilibrados podem se assustar nessas ocasiões.

Ver Mais

COMO A VISITA DOS PETS EM HOSPITAIS AJUDA NA RECUPERAÇÃO DE SEUS TUTORES

Estar doente ou internado não é uma situação lá muito agradável. Quem tem animal de estimação e passa por uma situação de internação tem que lidar, ainda, com o desafio de contornar a saudade dos bichinhos, enquanto os pets em casa tentam fazer o mesmo com a falta de seu tutor.

Ver Mais

SAIBA COMO LIDAR COM PROBLEMAS NOS DENTES DO SEU CÃO

É muito comum que cães e gatos tenham problemas dentários. Em torno de três anos, 80% dos cães e 70% dos gatos apresentam esse tipo de problema. Muitos deles passam desapercebidos e só percebemos quando o animal age de forma estranha ou não se alimenta. Eles acontecem quando o dente se estraga, quebra ou quando a gengiva é afetada de alguma forma. Os cachorros estão mais propensos a quebrar ou desgastar um dente, pois mastigam objetos mais duros (ossos e brinquedos).

Ver Mais
Carregar mais Posts
Páginas12

Recuperar Senha

Informe um e-mail para receber instruções de como criar uma nova senha.